trava-língua

dia desses uma caixinha cheia de fichas com trava-línguas atravessou o meu caminho. eu, curiosa,  abri a caixinha já toda sorrisos. fui invadida por emoção dos tempos da criança;  é que os trava-línguas ficaram esquecidos em algum lugar da infância, tempo bom de brincadeiras, despreocupações  e muitas risadas…

daí acabei tirando fotos de umas fichas pra colocar aqui. elas fazem parte de um joguinho que é assim: ganha o jogo quem conseguir acumular o maior número de fichas.  mas ó!  só vale se conseguir falar rápido, e sem erros hein!

Anúncios

5 pensamentos sobre “trava-língua

  1. engraçado, esse post acabou me fazendo lembrar que eu também brincava de trava-língua… de repente me veio um inteirinho que eu costumava recitar: “vc sabia que eu sabia, que o sabiá sabia que eu sabia assobiar?” rs!

  2. Vida real.
    Adormeci enfiada na sua camiseta. Talvez pra me dizer que sinto falta da sua alegria em mim. Das vezes em que ela me frequentou. Da sua boca perfeita que ao sorrir convidava os olhos, apagando a dureza do resto. E ao acordar e me ver com sua malha de camisola em mim, lamentei o que não nos veste mais. Quis arrancar da nossa história o absurdo das coisas. Mudei o criado-mudo de lugar na tentativa de alterar um desfecho. Dormi enfiada na sua camiseta como se amanhã pudesse ser de fato outro dia. Mas foi na cama vazia e leve que acordei. O silêncio ecoando fúria. Enfiada em sua blusa. Triste, sim. Mas livre. Sem você. Sem o medo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s